3 pontos importantes para ajudar a criança com dificuldade

circulo design acerte no ensino

3 pontos importantes para ajudar a criança com dificuldade

1 2

Durante os anos de estudo, a criança acaba tendo mais facilidade com algumas matérias e menos em outras. Cada uma tem um tempo de desenvolvimento. Porém, ela pode apresentar mais problemas de entendimento do que a maioria dos alunos e notas bem abaixo do esperado, ou seja, um perfil de assimilação diferente do que é esperado para sua idade. Veja como identificar a dificuldade de aprendizagem e como ajudar o seu filho. Continue a leitura.

Criado na década de 1960 pelo psicólogo educacional Samuel Kirk, o termo “dificuldade de aprendizagem” resume um problema que pode ter origem cognitiva ou psicológica. Kirk referia-se, principalmente, a crianças com desordem na fala, leitura, linguagem e orientação espacial e que tinham sua interação social prejudicada por esses problemas.

1. Reconheça as dificuldades da criança
A dificuldade de aprendizagem pode acontecer com qualquer criança. Portanto, é importante respeitar as limitações que seu filho demonstrar e manter o olhar atento ao desenvolvimento escolar.

Aproxime-se dos professores e gestores escolares, converse e compartilhe informações sobre o comportamento de seu filho ao fazer tarefa ou estudar em casa.

2. Evite brigar
Brigar com seu filho por causa do problema vai fazer com que ele se sinta inseguro, tenha medo de se abrir e fique apavorado só de pensar em escola. Com isso, seu desempenho tende a piorar.

A dificuldade de aprendizagem é uma disfunção que não tem a ver com preguiça ou má vontade do aluno ― da mesma forma, nem toda falta de motivação em certas atividades significa um problema de aprendizagem. Seja compreensivo, demonstre apoio e procure por alternativas para auxiliá-lo nesse processo.

3. Busque apoio psicológico
Um psicólogo infantil ou um psicopedagogo pode ajudar a lidar com as dificuldades do seu filho. Conversando com a criança, os responsáveis e a escola, o profissional poderá identificar se a origem do problema tem um fundo emocional ou cognitivo, avaliar qual a melhor forma de lidar com a dificuldade de aprendizagem e sugerir atividades que possam auxiliá-la. Além disso, pode orientar sobre a melhor abordagem pedagógica para a criança.

 

Fui útil para você??

Nos acompanhe nas redes sociais para receber conteúdos todos os dias – Instagram @grazipsicoterapeuta  e  @acertenoensino

Facebook
Google+
WhatsApp

MENU