Amarelinha: mais que uma brincadeira!

circulo design acerte no ensino

Amarelinha: mais que uma brincadeira!

16262918714461

Brincar de amarelinha é uma das atividades mais antigas dentro do universo infantil. A brincadeira é tão gostosa que até mesmo adultos se rendem a ela, só para reviver momentos preciosos da infância. Mas, além de divertida, você sabia que ela possui diversos benefícios para a criança?

Se não sabia disso, continue lendo o texto e descubra quais são alguns benefícios por trás dessa brincadeira que nasceu antes mesmo de nossos avós….

Brincar de amarelinha vai muito além do risco de giz no chão, das pedrinhas arremessadas e dos pulos feito Saci Pererê. A brincadeira é capaz de promover o desenvolvimento muscular e motor, controle corporal e espacial e favorecer o equilíbrio e o desenvolvimento social.

Alguns benefícios da Amarelinha para seu filho:

  • Noção de espaço

Uma vez que ao desenhar a amarelinha no chão o primeiro benefício que a criança recebe é a noção de espaço. Afinal, para que tudo dê certo, os espaços de cada casinha precisam ter mais ou menos o mesmo tamanho.

  • Coordenação motora fina

Esse benefício é claramente desenvolvido ao pegar a pedrinha para arremessar nas casinhas. A coordenação motora fina desenvolve a capacidade da criança usar os pequenos músculos para movimentos mais delicados. Escrever, recortar, encaixar, bem como abotoar e desabotoar, são alguns exemplos de atividades que são beneficiadas através do desenvolvimento da coordenação motora fina.

  • Coordenação óculo – manual

A coordenação óculo-manual é uma habilidade que permite o uso simultâneo dos olhos e das mãos. Assim, ao lançar uma pedrinha, a criança identifica antecipadamente o local onde essa pedrinha precisa cair. Feita essa identificação, através da percepção ocular, o cérebro vai providenciar que as mãos atirem a pedrinha no local desejado. Dessa forma, a coordenação óculo-manual é um trabalho em equipe, desenvolvido pelo corpo humano. Ao brincar de amarelinha o desafio inicial da criança é fazer com que a pedrinha pare no local certo.

  • Equilíbrio e controle corporal

Brincar de amarelinha também desenvolve o equilíbrio. Durante a atividade, o corpo humano aprende a se manter estável, mesmo que com o uso de um pé só e ainda envergando o corpo para apanhar a pedrinha no chão. Pular com um pé só é uma das atividades mais complexas que o corpo humano é capaz de realizar. Afinal, enquanto uma parte do corpo está ativa, o outro permanece imóvel.
Ao promover o equilíbrio, a criança também se desenvolve fisicamente, cognitivamente, emocionalmente e socialmente trabalhando áreas importantes para um crescimento saudável e promissor. Promover o equilíbrio auxilia o cérebro a constituir novos caminhos neurais que, posteriormente, ajudarão no desenvolvimento da criatividade e do raciocínio lógico.
Na dinâmica da amarelinha não basta arremessar a pedrinha na casa certa, é preciso pegá-la sem cair no chão e sem pisar nas linhas que limitam a casinha e tudo isso de um pé só e na base de saltos. Portanto, além da concentração, também é preciso ter controle corporal. E nesse processo de saltos e paradas, a criança aprende a treinar seu autocontrole.

  • Desenvolvimento social

Além de desenvolver inúmeras habilidades, a amarelinha promove a interação social. Ao brincar de amarelinha, muitas amizades são iniciadas, muitos vínculos são restabelecidos. Além disso, o respeito mútuo, ao esperar cada um a sua vez de jogar, é desenvolvido.

 

Viu só como a amarelinha vai muito além de um simples passatempo? E você, sabia dos benefícios da amarelinha na aprendizagem do seu filho??

Facebook
Google+
WhatsApp

MENU